Silvana dos Santos

Silvana  dos Santos

Regar seu jardim e seus afetos. Amanhecer vendo o mar torna tudo possível.

Escute o depoimento

1:00

Silvana é a determinação em pessoa. Cresceu em Várzea Grande (MT) com a força de sua mãe Tereza Maria, a quem viu criar sozinha os quatro filhos. De sua heroína e reflexo, ela traz a eterna saudade e seu jeito batalhador.

Com esse legado, abriu caminhos para realizar seus sonhos. Silvana foi a primeira de sua família a se formar na faculdade. Amante que é dos animais, e especialmente dos gatos, graduou-se em Biologia. Dar continuidade aos seus estudos foi possível graças ao seu esforço trabalhando como diarista por muitos anos.

Seu empenho também a levou a conhecer o mar, momento com o qual sonhou muito. Desde o seu primeiro encontro com a praia de Boa Viagem (PE), volta sempre que pode para por os pés na areia. Ao lado de Alexandre, seu grande companheiro, e dos filhos Victória e João Victor, Silvana tem cada vez mais certeza de que tudo é possível.

Consultora de Beleza há mais de 15 anos, hoje também exerce sua paixão pelo bordado. Com perfumes, linha e agulha nas mãos, revela que sua força coexiste com a delicadeza, assim como nas rosas que Silvana tanto ama. Todas as manhãs, bem cedinho, ela encontra paz cuidando de seu jardim. Segura de que as conquistas florescem para quem batalha, ilumina seus dias como um amanhecer.

Quantas histórias fazem parte de nós?
Quantas histórias se entrelaçam para formar nossa rede viva e potente de afeto?
São muitas.
São milhões de histórias que se conectam todos os dias.
Páginas Laranjas reúne alguns desses relatos.
Aqui, Consultoras e Consultores de Beleza Natura nos contam da grande aventura que é viver.
Em cada história, há pontos em comum entre todas as histórias. E pontos incomuns também.
Porque cada uma conta à sua maneira de um mundo diferente, com sonhos, conquistas, desafios e alegrias únicas.

Cada pessoa é um mundo. E todo mundo importa.
Cada mundo tem a sua própria voz. E todas as vozes importam.
Porque todas elas contam também de nós.

Nas histórias das Páginas Laranjas está a história da Natura.