Fabiana Navegantes

Fabiana Navegantes

Reinvenção. Latinhas e frascos. Seus filhos e mães. Universo de perdão.

Escute o depoimento

0:59

Fabiana sempre foi muito forte. Ainda criança, foi separada de sua família biológica e, depois, de sua mãe adotiva. Guiada pelo amor, enfrentou diversos desafios na esperança de reencontrá-las durante sua adolescência em Belém (PA).

Vista e acolhida por pessoas socialmente invisíveis, Fabiana pode se reinventar em Iranduba (AM). Mãe solo de 5 filhos, passou anos juntando latinhas de madrugada até descobrir seu potencial na consultoria de beleza e, mais uma vez, mudar sua história.

Trocando as latinhas pelos frascos de perfumes, Fabiana Navegantes acredita ainda mais em si. Determinada a proporcionar uma melhor qualidade de vida para seus filhos, faça chuva ou faça sol ela sai com a sua bicicleta para distribuir os produtos por toda a cidade.

Fabiana não para. Empenhada em ir além, hoje ela também se formou técnica em enfermagem, massoterapeuta e, hoje, é estudante de Nutrição. Essas conquistas mostram como Fabiana soube perdoar suas dores do passado e, orgulhosa da família que construiu, trilhar um novo caminho.

Depois de 30 anos de saudade, Fabiana leva também a alegria de ter reencontrado suas duas mães. Só falta um detalhe para ser ainda mais feliz: encontrar a irmã Flávia, cuja memória Fabiana mantém viva.

Quantas histórias fazem parte de nós?
Quantas histórias se entrelaçam para formar nossa rede viva e potente de afeto?
São muitas.
São milhões de histórias que se conectam todos os dias.
Páginas Laranjas reúne alguns desses relatos.
Aqui, Consultoras e Consultores de Beleza Natura nos contam da grande aventura que é viver.
Em cada história, há pontos em comum entre todas as histórias. E pontos incomuns também.
Porque cada uma conta à sua maneira de um mundo diferente, com sonhos, conquistas, desafios e alegrias únicas.

Cada pessoa é um mundo. E todo mundo importa.
Cada mundo tem a sua própria voz. E todas as vozes importam.
Porque todas elas contam também de nós.

Nas histórias das Páginas Laranjas está a história da Natura.