evilandia oliveira

evilandia oliveira

Olhar diferente para o outro e para o mundo. Ao lado de seus dois milagres.

Escute o depoimento

1:01

Estudar, para Evilandia, sempre foi coisa muito séria. Na escola, se terminasse em terceiro lugar na sala, ficava arrasada. Parece exagero, mas ela jura que não é. Por um motivo simples: estudar era o caminho para realizar sonhos. E ela tinha muitos. 

Os perrengues da infância, marcada por uma mudança do Acre(AC) para o Amazonas, foram aos poucos sendo superados. Sem traumas: afinal, ajudaram a se tornar a mulher que é. E que ela define como, acima de tudo, brincalhona. 

Mas, e isso é importante, em serviço ela não brinca. Nem poderia. Técnica em enfermagem, dedica sua vida a cuidar das pessoas nos dois hospitais em que trabalha. E o cuidado com o meio-ambiente e o social também vem dessa preocupação com os outros. Estender a mão a quem precisa é fundamental. Isso nos faz olhar de maneira diferente para o mundo. 

Um mundo que quer conhecer sempre mais. De preferência ao lado do filho e do marido. O menino nasceu prematuro e chegou a ser desenganado pelos médicos.  

O marido também, quando passou por longa cirurgia devido a um câncer. Mas sobreviveram. Evilandia os chama de seus milagres. Pelos quais nunca deixa de agradecer.

Quantas histórias fazem parte de nós?
Quantas histórias se entrelaçam para formar nossa rede viva e potente de afeto?
São muitas.
São milhões de histórias que se conectam todos os dias.
Páginas Laranjas reúne alguns desses relatos.
Aqui, Consultoras e Consultores de Beleza Natura nos contam da grande aventura que é viver.
Em cada história, há pontos em comum entre todas as histórias. E pontos incomuns também.
Porque cada uma conta à sua maneira de um mundo diferente, com sonhos, conquistas, desafios e alegrias únicas.

Cada pessoa é um mundo. E todo mundo importa.
Cada mundo tem a sua própria voz. E todas as vozes importam.
Porque todas elas contam também de nós.

Nas histórias das Páginas Laranjas está a história da Natura.