eliseu analha

eliseu analha

Recalcular a rota para se encontrar. Simpatia e humildade ajudam a superar os problemas.

Escute o depoimento

1:12
Lins - SP

Se for a Lins, Interior de São Paulo, saiba que os nomes das ruas Daniel Analha e Maria de Lourdes Analha, são homenagens aos pais de Eliseu Medeiros Analha. Influente na cidade, Eliseu dá palestracontando a sua históriaPresidente do Rotary, orgulha-se de ter trazido a unidade de quimioterapia para o município.  

Nasceu em uma fazenda, em Lins. O pai era pedreiro e a mãe dona de casa. Penúltimo filho de seteaos dois anos a família mudou para a cidadeSr. Daniel fazia questão que os filhos tivessem diploma 

O destino traçou outro caminho. Aos 17 anos, pai faleceu de um choque elétrico. Após um mês, a mãe foi diagnosticada com um câncer, que a levaria em dois anos. Eliseu desistiu dos estudos e saiu do emprego para cuidar dela.  

Sem os pais, ele e a irmã Marilene compraram um carro Belina e saíram vendendo louça, alumínio e plásticoFoi migrando de produtos até ser um consultor Natura, em 2008. O sorriso fácil e a simpatia ajudaram muito. 

Aos 56 anos, formado em Administração de Empresas, leva uma vida confortável. Dono de imóveis, já viajou para Índia, Israel e Dubai. Gosta de dançar, pedalarir a bares e reunir-se com amigos. O sonho é continuar viajando para conhecer novas culturas e aprender sempre.

Quantas histórias fazem parte de nós?
Quantas histórias se entrelaçam para formar nossa rede viva e potente de afeto?
São muitas.
São milhões de histórias que se conectam todos os dias.
Páginas Laranjas reúne alguns desses relatos.
Aqui, Consultoras e Consultores de Beleza Natura nos contam da grande aventura que é viver.
Em cada história, há pontos em comum entre todas as histórias. E pontos incomuns também.
Porque cada uma conta à sua maneira de um mundo diferente, com sonhos, conquistas, desafios e alegrias únicas.

Cada pessoa é um mundo. E todo mundo importa.
Cada mundo tem a sua própria voz. E todas as vozes importam.
Porque todas elas contam também de nós.

Nas histórias das Páginas Laranjas está a história da Natura.