Conceição Aparecida

Conceição  Aparecida

A graça de quem se sente infinita. Construir família para eternizar-se.

Escute o depoimento

1:00

Conceição colhe gratidão em seu quintal. Com as espigas de milho, criava bonecas e brincadeiras em Tapira (PR). Oitava filha de dez irmãos, viveu uma infância repleta de afeto dos pais Maurílio e Luzia. Da mãe, desfrutou dos cuidados até a velhice. De seus pais, guarda saudades e um amor profundo, grata pelas memórias que construiu com os dois.

Como dona de casa, por muitos anos o quintal era seu universo. Ao tornar-se Consultora de Beleza e descobrir-se vendedora, ampliou sua forma de ver o mundo. Com muita doçura e muita força, reinventa a relação consigo mesma e cria novos sonhos.

Como professora de coral infantil por muitos anos, Conceição cultiva na música espaços de expressão. Essa paixão nutre em companhia. Compartilha a arte com seus filhos desde pequenos, fazendo dos encontros da família dias musicais e cheios de melodia.

Conceição carrega nas letras de suas canções o amor que sente pelos netos. Repleta de sensibilidade, sua felicidade está em ver esses novos frutos gerados. Ao lado de quem ama, sente o gosto de sua infinitude.

Quantas histórias fazem parte de nós?
Quantas histórias se entrelaçam para formar nossa rede viva e potente de afeto?
São muitas.
São milhões de histórias que se conectam todos os dias.
Páginas Laranjas reúne alguns desses relatos.
Aqui, Consultoras e Consultores de Beleza Natura nos contam da grande aventura que é viver.
Em cada história, há pontos em comum entre todas as histórias. E pontos incomuns também.
Porque cada uma conta à sua maneira de um mundo diferente, com sonhos, conquistas, desafios e alegrias únicas.

Cada pessoa é um mundo. E todo mundo importa.
Cada mundo tem a sua própria voz. E todas as vozes importam.
Porque todas elas contam também de nós.

Nas histórias das Páginas Laranjas está a história da Natura.