cida junqueira

cida junqueira

Adora ler. A poesia é sua inspiração.

Escute o depoimento

1:06

Como boa mineira, Cida tira as pedras do caminho para consumir o amor e a felicidade, inspirando-se nos versos de Drummond e Adélia Prado, seus poetas preferidos.  Desde pequena, gosta de ler romances e poesia. Foi entendendo a complexa alma humana e fechou o círculo com a Psicologia.  

Gratidão é outra palavra da sua história. A mãe, sua maior inspiração, ficou viúva aos 37 anos com oito filhos. Lavou e passou roupa para fora durante bom tempo. Criou todos ainda hoje gosta de pescar. Herdou essa força da mãe. Aos 65 anos, sente-se realizada com os quatro filhos e quatro netos.  

É gerente de seu restaurante de comida caseira. Concilia as tarefas com a Natura. Ela se  cadastrou há mais de dois anos. Queria uma ocupação enquanto cuidava da filha Mirella, de 38 anos, que estava com câncer. Não é novata. Já foi Consultora por mais de duas décadas e saiu quando passou num concurso público.   

Está feliz. Sente-se cuidada e valorizada pela empresa. Cida é exigente e perfeccionista. “Mas para o lado bom”, brinca. O dia mais importante da vida foi quando saiu o diagnóstico de cura da filha. Seu sonho é curtir os netos e viajarQuer um mundo menos egoísta, com mais amor e menos preconceito.  

Quantas histórias fazem parte de nós?
Quantas histórias se entrelaçam para formar nossa rede viva e potente de afeto?
São muitas.
São milhões de histórias que se conectam todos os dias.
Páginas Laranjas reúne alguns desses relatos.
Aqui, Consultoras e Consultores de Beleza Natura nos contam da grande aventura que é viver.
Em cada história, há pontos em comum entre todas as histórias. E pontos incomuns também.
Porque cada uma conta à sua maneira de um mundo diferente, com sonhos, conquistas, desafios e alegrias únicas.

Cada pessoa é um mundo. E todo mundo importa.
Cada mundo tem a sua própria voz. E todas as vozes importam.
Porque todas elas contam também de nós.

Nas histórias das Páginas Laranjas está a história da Natura.