céia de almeida

céia de almeida

Tirar os problemas de letra. Nada derruba essa guerreira.

Escute o depoimento

1:04

Forte, honesta, comunicativa. Céia tem 61 anos e é mãe de quatro filhas: Lucimara, de 42 anos, Eliete, de 38, Marcela, de 26, e Estela, de 21. Já é avó de sete netos, com o oitavo a caminho. 

Funcionária pública em uma escola, nasceu e vive em Itapeva (SP). Os pais, Nelson e Isolina, já faleceram. Com um ano, eles se separaram, e Céia e o irmão foram morar com a avó, que morreu pouco tempo depois. Uma tia assumiu as crianças, que sofreram maus tratos e fome. Assim que pôde, passou a morar no emprego de doméstica. 

Quando nasceu, a mãe a chamou de Maria Laudicéia, mas o pai se confundiu e a registrou como Maria Laudelina, nome pelo qual Céia não se reconhece. 

Separou-se duas vezes e está sozinha há 17 anos. Guerreira, venceu graças ao próprio esforço. Há 22 anos é Consultora de Beleza Natura. Começou quando trabalhava em um banco, grávida da filha caçula. Aguarda a aposentadoria para ter mais tempo para vender.  

Gosta de viajar, ir à chácara e se reunir com as filhas, que são o “sonho que ela sonhou”, com personalidades e batalhas distintas. Todas estão formadas, menos Estela, de 21 anos.                       Céia diz que nada a derruba. Sonha ter saúde. As dificuldades, tira de letra e segue em frente. 

Quantas histórias fazem parte de nós?
Quantas histórias se entrelaçam para formar nossa rede viva e potente de afeto?
São muitas.
São milhões de histórias que se conectam todos os dias.
Páginas Laranjas reúne alguns desses relatos.
Aqui, Consultoras e Consultores de Beleza Natura nos contam da grande aventura que é viver.
Em cada história, há pontos em comum entre todas as histórias. E pontos incomuns também.
Porque cada uma conta à sua maneira de um mundo diferente, com sonhos, conquistas, desafios e alegrias únicas.

Cada pessoa é um mundo. E todo mundo importa.
Cada mundo tem a sua própria voz. E todas as vozes importam.
Porque todas elas contam também de nós.

Nas histórias das Páginas Laranjas está a história da Natura.