Adriana Gouvêa

Adriana  Gouvêa

A beleza mora nos detalhes. São as pequenezas que constroem seu mundo.

Escute o depoimento

1:00

Adriana sabe encontrar felicidade nas pequenas coisas. É nas frestas do cotidiano que mora sua alegria, entre o cheiro de chocolate quente, as brincadeiras com a filha Poliana e a parceria de seu marido Jairo. Sonhadora por lado de pai e dedicada por lado de mãe, ela já fez de tudo um pouco.

Trabalhou em empresa, creche e oficina mecânica, mas foi nos negócios familiares que se sentiu mais realizada. Próxima de quem ama, seu bem estar está no dia a dia. Com a chegada de Poliana e o diagnóstico de autismo, Adriana vê a vida se transformar e reaprende a estar no mundo cultivando a empatia e o altruísmo.

A maternidade tornou-se prioridade e incentivo. Hoje, Adriana atua na linha de frente da Associação Pais e Amor. Fundada em 2016, a organização tem o intuito de acolher pessoas autistas e suas mais de 140 famílias na cidade de Cachoeirinha (RS). Pelo seu empenho e solidariedade, Adriana foi reconhecida em 2018 pelo Prêmio Acolher.

É também como Consultora de Beleza que ela encontra espaço para conciliar os cuidados da filha com o trabalho. Afinal, foi com Poliana que aprendeu a valorizar as sutilezas e viver com os pés no momento presente. E é por ela que Adriana constrói um mundo melhor, dia após dia, com dedicação e carinho.

Quantas histórias fazem parte de nós?
Quantas histórias se entrelaçam para formar nossa rede viva e potente de afeto?
São muitas.
São milhões de histórias que se conectam todos os dias.
Páginas Laranjas reúne alguns desses relatos.
Aqui, Consultoras e Consultores de Beleza Natura nos contam da grande aventura que é viver.
Em cada história, há pontos em comum entre todas as histórias. E pontos incomuns também.
Porque cada uma conta à sua maneira de um mundo diferente, com sonhos, conquistas, desafios e alegrias únicas.

Cada pessoa é um mundo. E todo mundo importa.
Cada mundo tem a sua própria voz. E todas as vozes importam.
Porque todas elas contam também de nós.

Nas histórias das Páginas Laranjas está a história da Natura.